MANDATO E SEDINOR TRABALHAM JUNTOS PELA CONSTRUÇÃO DO CENTRO DE ESPECIALIZAÇÃO E PESQUISA DO QUEIJO ARTESANAL NA REGIÃO DO SERRO

Sonho dos produtores em breve será uma realidade

 

Mais uma vez, o governador Fernando Pimentel foi sensível ao pedido do deputado Gabriel Guimarães e do secretário da SEDINOR, Nondas Miranda, liberando recursos, através da CODEMIG, para a construção e equipagem do Centro de Especialização e Pesquisa do Queijo Artesanal, na região do Serro. O anúncio da liberação do recurso foi feito na segunda (05/06), na sede da CODEMIG, pelo presidente Marco Antônio Castello Branco.

O Centro será administrado pela Associação de Produtores Artesanais do Queijo do Serro – APAQS. O local será referência de estudos e análises para produtores de 11 municípios da região (Alvorada de Minas, Coluna, Conceição do Mato Dentro, Dom Joaquim, Martelândia, Paulistas, Sabinópolis, Santo Antônio do Itambé, Serra Azul, Serro e Rio Vermelho).

Também participaram da reunião o ex-deputado federal Virgílio Guimarães e a chefe de Gabinete da Codemig, Denise Vieira. Para o deputado Gabriel Guimarães, esse é mais um passo importante para a valorização do queijo artesanal de Minas. “Recentemente, cinco produtores de Minas receberam a certificação para comercializar o queijo minas artesanal para outros estados. O Centro representa mais qualificação e condição de comercialização de novos produtores e produtos”, comentou.

Segundo o secretário da SEDINOR, Nondas Miranda, o Centro é um sonho antigo dos produtores de queijo da região do Serro. “O governador Fernando Pimentel é sensível a esta demanda e tem demonstrado o seu compromisso com os produtores e a valorização do setor. Podemos melhorar ainda mais a qualidade do queijo artesanal do Serro, um dos produtos mais tradicionais do estado”, afirmou.

Para a elaboração do projeto serão firmadas parcerias para apoio técnico com a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento; a Emater; Epamig e o IMA. O centro será um aliado importante para o melhoramento da qualidade do produto, pois desenvolverá pesquisas em todas as etapas da produção, desde a análise da água utilizada no processo de fabricação até o produto finalizado.

Com assessoria de comunicação SEDINOR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *